Garoto propaganda da Friboi, Tony Ramos rompe com empresa após escândalos de corrupção

Tony Ramos anunciou o fim de sua parceria com a Friboi. As marcas pertencem ao grupo JBS, de Joesley Batista, empresário que está envolvido em denúncias de corrupção do país. Em entrevista à rádio Gaúcha, o ator esclareceu os motivos que o levaram a cancelar o contrato de licenciamento da imagem relacionado às peças publicitárias da marca.

“Tenho nada a ver com isso. Culpa zero. Nunca me senti induzindo o espectador a comprar carne. Eu só dizia: nessa carne eu confio, compro e consumo. Frente a uma crise, me senti no meio de algo que jamais poderia imaginar. Isso é suficiente para romper o contrato de licenciamento”, afirma.

De acordo com o artista, a agência de publicidade tinha o direito de usar sua imagem por mais um ano e meio. Após quebra contratual, o frigorífico terá o prazo de dois meses para retirar as peças de circulação. “Com essa delação, há uma crise institucional e, ao mesmo tempo, um incômodo da minha parte em continuar emprestando meu nome, não a um produto, esse não me envergonho, não me arrependo e continuarei a dizer como homem de palavra que sou: anunciei o que eu consumia. Eu vejo que, nesta confusão enorme de informações, eu não emprestaria mais meu nome”, finalizou. A empresa já havia sido citada na Operação Carne Fraca da Polícia Federal. Na época, o ator declarou que acreditava na qualidade dos produtos Friboi.


Deixe uma resposta