Bruno De Luca é condenado a pagar R$ 15 mil após chamar recepcionista de favelado

O apresentador Bruno De Luca foi condenado a pagar uma indenização de R$ 15 mil após ter chamado um recepcionista de um hotel de favelado, de acordo com a revista ‘Veja São Paulo’. O episódio aconteceu em Santa Catarina, em 2009, mas o processo só acabou agora.

De acordo com a publicação, o apresentador brigou com o funcionário do local, depois que o rapaz pediu que Bruno diminuísse o volume do som em seu quarto. Testemunhas afirmam que o recepcionista foi chamado de ‘favelado’ entre outros xingamentos, além de ter sido agredido fisicamente por uma amiga de Bruno. O apresentador ainda pode recorrer da decisão.

Recentemente, quem também não teve uma decisão da Justiça favorável foi a cantora Anitta. Ela terá que depositar R$ 1 milhão para ex-empresária, Kamila Fialho, por quebra de contrato.



Deixe uma resposta