2 anos após morte de Cristiano Araújo, mãe diz: ‘dor não passa’

& #8220;A dor e a saudade não passam, são as mesmas do dia que ele morreu”, lamentou a mãe de Cristiano Araújo, Zenaide, antes da missa que lembrava os dois anos da morte do sertanejo, na noite desta quinta-feira (22), em Goiânia. Ainda de luto, a dona de casa disse que ainda sente a presença e ouve a voz do flho e que esta lembrança “é muito importante”

Durante a missa, dois telões mostravam imagens de Cristiano e da namorada dele, Allana Moraes. Os dois morreram em um acidente de carro, no dia 24 de junho de 2015, na BR-153, em Morrinhos. O artista voltava de um show em Itumbiara. Alé de familiares, o ex-produtor do sertanejo, Rafael Vanucci, também participou da cerimônia.

Conforme o G1, o padre Marcos Rogério lembrou, durante a missa, que o dia não era de tristeza. “Tenho certeza que lá no céu, o Cristiano e a Allana fazem uma festa enorme. Estão festejando a vida deles agora é nos ajudando a viver a nossa. A dor fica, às vezes cutuca, mas quando você se entrega, a ressurreição acontece”, completou.



Deixe uma resposta