Waldemar vê evolução no time e ressalta vontade do Náutico em superar problemas

Ainda com muitas limitações técnicas no elenco, o técnico Waldemar Lemos vai, aos poucos, tentando implantar a sua filosofia de trabalho no Náutico. Com o clube em promovendo um processo de reformulação no time, o treinador tem trabalhado ao máximo fatores táticos, mas sobretudo psicológicos. Após o empate com o Santa Cruz que sacramentou a desclassificação do Timbu à Copa do Nordeste 2018, o comandante enxergou virtudes nos jogadores e não se furtou de elogiar seus pupilos.

“Acho que sim (houve evolução no time). No primeiro tempo, a proposta da gente foi adiantar a marcação, nossas linhas se encaixando na deles e a coisa ficou boa. Infelizmente, após um primeiro tempo bastante igual, não conseguimos concluir em gol e por uma falha que tivemos tomamos o gol. No segundo tempo, a equipe se houve bastante melhor, criou mais oportunidades e ficou faltando um pouquinho só de qualidade. Mas acho que foi muito bom”, analisou.

Com uma semana desde a chegada ao Náutico, Waldemar admitiu que ainda precisa conhecer melhor o elenco para trabalhar melhor o time e fazer transcorrer a evolução esperada. “Houve evolução, sim. Houve muitas coisas boas, o time esteve melhor adaptado ao que eu penso, mas vai levar tempo até que eu conheça bem jogadores e encontre uma formação melhor”, afirmou.

 
Com seu estilo “paizão”, aproveitou o ensejo para ressaltar positivamente o brio e a entrega dos jogadores. Apesar de estaremos com salários atrasados há meses e confiarem na promessa da nova diretoria, que espera pagar parte das dívidas nesta semana, os atletas alvirrubros, na visão do treinador, foram trabalhar com “satisfação”.

“É importante o que vi hoje ao término da preleção: um grupo que tem esse olho forte, de todos eles quererem acertar. É o que gosto dentro do futebol: grupo bastante forte, criando sentimento dentro deles. Vi cada um querendo conduzir tantos sentimentos bons, independentemente do momento que está acontecendo dentro de todos nós. Cada um demonstrou vontade e satisfação de estar transpondo os momentos de dificuldades que estamos passando e sem reclamação, tranquilos e cientes da obrigação e responsabilidade”, pontuou.

Por: SuperEsportesPE


Deixe uma resposta