Vilabela Esportes

Técnico do Náutico mantém torcida por acerto com Kieza, mas cita prazo para desfecho

Kieza em treino do Fortaleza — Foto: Thiago Gadelha

 

 

 

A tentativa de contratação de Kieza por parte do Náutico ainda não tem um desfecho. Com contrato até abril com o Fortaleza e um patamar salarial acima do que o Timbu pode praticar, o atacante ainda é visto como sonho pelos alvirrubros. Mas a negociação não pode durar indefinidamente, como opina o técnico Gilmar Dal Pozzo. Ele mantém a torcida pelo acerto com Kieza, mas afirma que o clube tem um prazo para concretizá-lo – após o qual precisaria pensar em outras opções.

“Estou na expectativa como o torcedor de que se resolva mais rápido possível, até porque temos um prazo. Caso não dê certo com Kieza, vamos no mercado e trazer o jogador. Entendo o clube. Tem que respeitar o orçamento.”

 

Na última terça, o Fortaleza negou que existisse sondagem do Náutico a respeito do atleta. Mas, segundo Dal Pozzo, as negociações mantêm-se constantes entre os dois clubes, o jogador e seus representantes. Mas a sua participação, agora, é limitada.

– Nós fizemos um planejamento, estamos seguindo. Agora está para a diretoria decidir. Não só Kieza, como outros atletas, que a diretoria está negociando. Neste momento, o técnico não tem mais influência. A diretoria está tratando com o Fortaleza e com o atleta. Estou na expectativa igual ao torcedor por um desfecho, e que esse desfecho seja Kieza vir jogar no Náutico.

Na última semana, o treinador revelou ter conversado ao telefone com o atacante, que – de acordo com Dal Pozzo – mostrou-se empolgado para voltar a vestir a camisa do Náutico, clube em que atuou entre 2011 e 2012.

Do Globo Esporte

Deixe seu comentário