Sport foca em decisão do Pernambucano e Ney Franco prega respeito ao Salgueiro

Se o Sport tinha uma pressão extra para superar o Santa Cruz na semifinal da Copa do Nordeste devido a diferença de investimento entre os dois clubes, com o valor de mercado do elenco rubro-negro sendo quase quatro vezes maior que o tricolor e a folha salarial na casa dos milhões, a diferença para o Salgueiro, adversário da final do Campeonato Pernambucano é ainda mais abissal. Porém, já visando o primeiro jogo da decisão, domingo, na Ilha do Retiro, o técnico Ney Franco fez questão de pedir respeito ao adversário. E usou os números do Carcará no Estadual para embasar isso.  

Dono da melhor campanha desde a fase preliminar, o Salgueiro acumula apenas duas derrotas (ambas para o Santa Cruz), em 18 partidas. Por isso, ganhou o direito de fazer o jogo de volta da final (ainda sem data definida) no Cornélio de Barros, no sertão pernambucano.
“É uma equipe que terminou o hexagonal na frente de Sport, Santa Cruz e Náutico e tirou uma equipe da capital (Santa Cruz) nas semifinais. É um time que requer todos os cuidades e merece muito respeito. Mas saímos com muita moral desse confronto”, afirmou Ney Franco, se referindo à classificação para a final da Copa do Nordeste.
Após a reapresentação do time na quinta-feira,  quando os titulares realizaram apenas um regenerativo no centro de treinamento do clube, todo o elenco leonino volta aos trabalhos na  tarde desta sexta-feira.
 
A dúvida é saber se Ney Franco poderá contar com o zagueiro Ronaldo Alves, com o meia Diego Souza e com o lateral-direito Samuel Xavier, que precisram ser substituídos no clássico contra o Santa Cruz por problemas físicos. Os dois primeiros, com dores musculares, enquanto o último após sofrer uma pancada. 
Por: SuperEsportePE


Deixe uma resposta