Sem sustos, Sport avança na Copa do Brasil

Sem sustos e em ritmo de treinamento de luxo. Assim pode ser classificada a tranquila vitória do Sport sobre o Sete de Setembro/MS, na noite desta quarta-feira (22), por 3×0, na Ilha do Retiro. O triunfo leonino garantiu a classificação à Terceira Fase da Copa do Brasil 2017. Nesta próxima etapa, o Leão vai encarar o Boavista/RJ, comandado por Joel Santana, que bateu a Portuguesa por 2×0, em São Paulo. Precisando virar a chave, os rubro-negros agora focam na Copa do Nordeste, onde tem partida importante neste sábado, contra o River/PI, fora de casa.

Em campo, um verdadeiro remake futebolístico de Davi x Golias. Nesta nova versão, deu a lógica e o gigante, neste caso o Sport, levou a melhor sem sustos. Em ritmo de treinamento, os mandantes ditaram o ritmo da partida do começo ao fim. É difícil haver competição entre um time que tem uma folha salarial de R$ 3 milhões contra um modesto que gasta R$ 100 mil mensais com seu elenco profissional. Essa disparidade entrou em campo logo nos minutos iniciais. Com apenas sete minutos de bola rolando, Diego Souza deixou Rogério de cara com Wendel, mas o atacante parou no goleiro. Logo em seguida, outra falha da zaga visitante e Leandro Pereira não perdoou, escorando cruzamento para fazer 1×0.

Com certo menosprezo, o Leão acabou diminuindo o ritmo de jogo e optou por forçar jogadas bonitas, deixando de criar o simples. Mas, aos 23 minutos, Leandro Pereira apareceu em novo cruzamento. Desta vez, pelo alto e de cabeça: 2×0. Sem criar, o Sport quase ampliou em presenta da defesa do Sete, mas Diego Souza abusou do preciosismo e acabou batendo para fora.

Na etapa final, a disparidade técnica continuou exposta. Sem armas para conseguir reagir, o time de Mato Grosso do Sul acabou sofrendo um duro golpe logo no começo. Em confusão na área, Rogério dividiu com o goleiro e levou a melhor, marcando o terceiro e carimbando a classificação leonina.

FICHA DO JOGO

SPORT 3
Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Mansur; Rithely (Rodrigo), Ronaldo, Everton Felipe, Diego Souza e Rogério (Marquinhos); Leandro Pereira (André). Técnico: Daniel Paulista.

SETE DE SETEMBRO/MS 0
Wendell; Bahia, Binho, Ramon Baiano e Breno (Thiago Mattos); Rafael Primo, Dornelles, Gustavo e Jô; Pavão (Muller) e Pablo (Pablo). Técnico: Mauro Marino.

Local: Ilha do Retiro (Recife). Árbitro: Adriano Milczvski (PR). Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Daniel Cotrim de Carvalho (ambos do PR). Gols Leandro Pereira (aos 10 e 23 do 1ºT). Rogério (aos 2 do 2ºT) Cartões amarelos: Mansur (Sport). Bahia e Thiago Mattos (Sete). Público: 2.020. Renda: R$ 27.475,00.

Da Folha PE



Deixe uma resposta