Santa Cruz recebe Atlético-PR de Grafite no Arruda por feito inédito na Copa do Brasil

Destaque contra o Náutico no último clássico, atacante André Luis deve seguir como titular nesta quarta

O Santa Cruz nunca passou das oitavas de final da Copa do Brasil. Mas neste ano entra na competição exatamente nesta fase como “prêmio” pela conquista da última Copa do Nordeste – ou como ressarcimento pela exclusão repentina na Sul-Americana. Às 21h45 desta quarta-feira, no Arruda, a equipe do técnico Vinícius Eutrópio tem o primeiro de dois confrontos contra o Atlético-PR. Em jogo marcado pelo reencontro do ídolo Grafite com a torcida coral, para além de fazer história no torneio, a equipe necessita ainda provar que está no caminho certo.

A vitória por 2 a 1 sobre o Náutico na disputa pelo terceiro lugar do Estadual apenas amenizou a pressão sobre Eutrópio. Mas as eliminações no Pernambucano e Nordestão ainda não foram digeridas pelos torcedores. Próximo da estreia na Série B, cujo acesso é o principal propósito da temporada, espera-se um time que, ao menos, não afine contra um adversário de Primeira Divisão e de um orçamento muito maior. Que se mostre, quem sabe, também capaz se livrar do carma de não passar das oitavas da Copa do Brasil.   

O ousado planos de metas do presidente Alírio Moraes, apresentado em 2015, projetava que o Santa ganharia a Copa do Brasil de 2017. Na prática, a equipe demonstra que isso ainda é um sonho distante. Todavia, a só oito partidas do título após ter entrado nas oitavas, a conquista não é descartada apesar das limitações financeiras e de elenco. “Se eu achasse que não pudesse ganhar a competição, preferia nem jogar. Então, tenho certeza que a gente tem condições, por mais difícil que seja. Podemos ter problemas financeiros, mas todo mundo aqui tem o sonho de ser campeão”, contou o goleiro Julio Cesar.

 
Eutrópio pensa jogo a jogo. Não acredita que o duelo com o Furacão será um teste para a Segundona, campeonato que vê com caracteríticas diferentes de um “atípico” mata-mata de Copa do Brasil. Mas não esconde a vontade de levar o Tricolor às quartas de final de forma inédita. “Vamos passo a passo. Queria chegar à final, mas o que eu quero é passar o Santa às oitavas pela primeira vez na história. Acho que já demonstramos que temos condições de dar um passinho a frente”, declarou o comandante.

Time
O Santa Cruz tem duas dúvidas: uma de ordem clínica, outra de ordem técnica. Eutrópio disse que não sabe ainda se Léo Costa terá condições de enfrentar o Atlético-PR por causa de dores no pé direito. Caso não atue, confirmou que Pereira é o substituto. A outra mudança que ele pode fazer é na lateral esquerda. Roberto e Tiago Costa disputam a vaga. Certo é que o comandante não terá o atacante Halef Pitbull, com um edema na coxa. Júlio Sheik o substitui.

Adversário

Patinando na Copa Libertadores e com o amargor de um vice estadual, o Furacão joga também sob pressão no Arruda. De quebra, conta com sete desfalques de atletas que atuam com regularidade. Todos lesionados. Nenhum deles viajou com a delegação rubro-negra para o Recife. Entre os machucados, dois titulares: o zagueiro Thiago Heleno e o meia Nikão. Grafite começa na reserva. 

O Santa Cruz na Copa do Brasil:

22
Participações na Copa do Brasil

7
Eliminações nas oitavas de final

7
Eliminações na primeira fase

6
Eliminações na segunda fase

2
Eliminaçoes na terceira fase

Santa Cruz
Julio Cesar; Vitor, Anderson Salles, Bruno Silva, Tiago Costa (Roberto); Elicarlos, David, Léo Costa (Pereira), André Luís e Thomás; Júlio Sheik. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Atlético-PR
Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, Paulo André e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Douglas Coutinho, Crysan e Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori.

Estádio: Arruda (Recife-PE). Horário: 21h45. Árbitro: Grazziano Maciel Rocha (RJ). Assistentes: Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ). Ingressos: R$ 40 (arquibancada inferior), R$ 20 (meia-entrada para arquibancada inferior) e R$ 10 (arquibancada superior).

Por: SuperEsportesPE 


Deixe uma resposta