Sandoval desiste de cirurgia e espera pagamento de atrasados para renovar com Santa Cruz

Sandoval teve um afundamento do osso malar em jogo diante do Operário — Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

 

 

 

 

 

O zagueiro Sandoval acabou a temporada com dois fatos negativos. O seu clube, Santa Cruz, foi eliminado da Série C pelo Operário-PR. No mesmo jogo, ele sofreu um afundamento de um osso da face e precisaria fazer uma cirurgia. Agora, porém, o procedimento não é mais necessário. O único empecilho para que ele renove com o Santa, portanto, são os atrasos salariais.

O jogador explicou por que decidiu não mais se submeter a uma cirurgia.

– O plano de saúde demorou a liberar o exame. Nesse tempo, o osso calcificou. Para fazer a cirurgia, o médico disse que eu teria que quebrar novamente o rosto para colocar tudo no lugar. Preferi não fazer mais.

Sandoval afirmou que, apesar de não fazer a cirurgia, não terá nenhuma dificuldade extra para jogar ou algum risco maior à própria integridade física.

– Existe uma baixa no rosto, mas não atrapalha em nada e não vai me fazer mal nenhum. O médico inclusive disse que se eu quiser fazer a cirurgia futuramente, eu posso.

Em relação à permanência no Santa Cruz, no entanto, a situação não é tão simples. Não depende só da vontade do jogador.

& #8211; A situação deu uma travada porque o clube precisa acertar essa questão de salários. Eles acertando isso, fica mais fácil para a gente sentar e negociar a situação de uma renovação, para que eu volte a entrar no clube zerado, sem o clube dever nada para mim, para começar tudo de novo.

A reportagem entrou em contato com o vice-presidente de futebol do Santa, Felipe Rego Barros. Ele admitiu os atrasos, mas afirma estar confiante em um acerto.

– Sandoval é um atleta que nos interessa muito. É um cara excepcional, tanto dentro quanto fora de campo. De fato, ele tem dois salários em atraso. Mas já falamos com o empresário dele, Ytalo Pontes, e agendamos uma conversa para o fim do mês. Quando chegar o momento, vamos sentar para negociar e fazer uma composição.

Do Globo Esporte


Deixe uma resposta