“Sacudida” de Manta foi decisiva para vitória do Petrolina contra o Decisão

Pedro Manta, técnico do Petrolina. — Foto: Reprodução/TV Grande Rio

 

 

 

 

A Fera Sertaneja está mais perto da final da Série A2 do Campeonato Pernambucano depois de vencer o Decisão por 4 a 2, pela primeira partida das Semifinais da competição, neste domingo. Enfrentando um primeiro tempo monótono, com as duas equipes empatadas, o Petrolina virou o jogo no segundo tempo, depois de uma “sacudida” do técnico Pedro Manta e garantiu vantagem para o jogo de volta, na próxima quarta-feira, fora de casa.

Quem esteve no estádio Paulo Coelho para acompanhar o embate entre as duas equipes viu o Petrolina sem força no primeiro tempo da partida. A resposta à monotonia do time veio com um gol do adversário para abrir o placar. Mas a Fera voltou do intervalo com mais ritmo no jogo.

– Primeiro tempo foi um jogo mais estudado, mas a gente desceu pro vestiário [no intervalo], o professor corrigiu nossos erros, e gracas a Deus saímos com a vitória – declarou o capitão do time, Waguinho, que fez o segundo gol da partida.

Para o técnico Pedro Manta, o intervalo do jogo foi decisivo para a vitória da equipe.

– A equipe estava sonolenta, perdendo a primeira bola, chegando tarde, desligada no jogo. No intervalo, a gente conseguiu já dar uma melhorada. O intervalo pro segundo tempo é fundamental – disse o treinador.

Com o placar vitorioso, o Petrolina chega com vantagem na próxima partida, podendo perder por até um gol para se classificar para a final. Se o time perder por 2 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Além dessa vantagem, a Fera vai para o próximo jogo com uma visão mais profunda do adversário.

– A equipe precisa saber jogar com inteligência. A gente está saindo do jogo com uma ideia mais clara do adversário – afirmou Pedro Manta.

O Petrolina volta a jogar contra o Decisão na quarta-feira, às 15h, no estádio Arthur Tavares, em Bonito (PE).

 

Do Globo Esporte


Deixe uma resposta