PERNAMBUCANO: Santa Cruz vence e é líder; Salgueiro promove chuva de gols, de novo

Do Futebol Interior

Em duelo regional disputado no Estádio Valdemar Viana de Araújo, o Salgueiro, até então 100% diante do Afogados da Ingazeira em jogos oficiais, viu o seu tabu cair e empatou com a Coruja por 2 a 2, pelo Campeonato Pernambucano.

Além do duelo entre os sertanejos, o Santa Cruz também foi à região para enfrentar o Petrolina e venceu a Fera Sertaneja por 2 a 1, apesar ter ficado com um jogador a menos durante boa parte do jogo.

Em um jogo muito animado no primeiro tempo, como vem sendo as partidas do Salgueiro no estadual, os times foram para o intervalo no Vianão empatando por dois a dois. Após abrir dois a zero com dois gols de Muller Fernandes, artilheiro do campeonato, o Carcará relaxou e viu a Coruja chegar ao empate com gols de Diego Ceará e Jamerson, contra. No segundo tempo, a partida caiu em qualidade e o placar terminou em 2 a 2.

Após o jogo, em um momento de tensão, o treinador Sérgio China, do Salgueiro, precisou ser contido pelo policiamenento depois de subir no alambrado em uma tentativa frustrada de agredir um torcedor, crítico ao seu trabalho.

No mesmo horário, em Recife, ocorria a partida de equipes até então da parte de baixo da tabela, o Náutico confirmou a sua reação ao vencer e afundar ainda mais o lanterna Vitória das Tabocas, nos Aflitos, por 2 a 0, com dois gols de Wallace Pernambucano cobrando pênalti. Na primeira cobrança, na metade do segundo tempo e muito contestada, o lance surgiu a partir de uma falta fora da área. O segundo tento veio apenas aos 46 minutos e fechou o placar.

No último jogo da noite, em Petrolina, o Santa Cruz venceu o time homônimo à cidade por 2 a 1, com gols de Jeremias e Augusto – Jefferson Petrolina descontou. A vitória parecia difícil após a expulsão de Pipico, ainda na metade do primeiro tempo, mas Jeremias abriu o placar aos 47, ainda na primeira etapa.

Na segunda parte, a Cobra Coral ampliou com Augusto, aos 14, e viu a Fera esboçar uma insuficiente reação aos 44 minutos através de um gol marcado por Jefferson Petrolina, em uma cobrança de pênalti.

Com o resultado, o Tricolor do Arruda chegou aos 10 pontos recuperou a liderança provisoriamente, visto que o Central não jogou nesta noite em decorrência do jogo diante do Ceará, pela Copa do Brasil. Em quarto lugar, com sete, o Salgueiro fica a frente do Afogados, quinto, no saldo de gols (5x-1).

Pegando o elevador, o Náutico, que figurava na zona de rebaixamento, já é o sexto lugar com seis, muito acima de Petrolina e Vitória, novamente derrotados e atualmente figurantes no campeonato, ocupando as duas últimas posições. Enquanto o Petrolina ainda conseguiu um ponto diante do América (e tem desvantagem no saldo em relação ao Periquito), o Taboquito é o lanterna com quatro derrotas em quatro jogos, sem pontuar.

A rodada, agora, é terminada com o jogo atrasado entre Flamengo de Arcoverde e Central, a ser realizado na próxima quarta, 13, no Áureo Bradley. Antes disso, porém, Vitória e América jogam já pela quinta rodada, em jogo a ser realizado na Arena de Pernambuco. As duas equipes brigam para escapar da zona de rebaixamento.



Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: