Moro condena Palocci a 12 anos de prisão

O ex-ministro Antonio Palocci foi condenado a 12 anos de prisão, nesta segunda-feira (26). A sentença foi proferida pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância.

Palocci foi preso na 35ª fase da operação, batizada de Omertà e deflagrada no dia 26 de setembro de 2016. Ele está atualmente detido no Paraná.

De acordo com o portal G1, o processo apurava se Palocci recebeu propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal.

Palocci também é acusado de intermediar propinas pagas pela Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores (PT).



Deixe uma resposta