Milton Cruz elogia brio do Náutico, não se abala com derrota e crê em classificação

“Iremos jogar de igual para igual de novo. Vamos jogar em casa”, projetou o técnico alvirrubro

O técnico Milton Cruz demonstrou toda a sua irritação com a arbitragem após a derrota do Náutico por 3 a 2 para o Sport na Ilha do Retiro. Porém, não deixou reconhecer que o seu time poderia ter saído vitorioso. Se o futebol não foi vistoso, o treinador elogiou a postura da sua equipe e espera reverter a vantagem rubro-negra na Arena de Pernambuco. 

“O time mostrou brio e iremos jogar de igual para igual de novo. Vamos jogar em casa. Espero que a torcida vá nos apoiar como a do Sport veio aqui. Está em aberto ainda. 1 a 0 vai pros pênaltis. Queremos fazer dois”, comentou o técnico.
Sendo pressionado desde o começo da partida, Milton Cruz afirmou que seu plano de jogo passava longe do que ocorreu durante os 90 minutos da Ilha do Retiro. O técnico queria ver seu time ir além dos contra-ataques. 
“Não viemos para contra-atacar. Viemos para jogar, mas jogo aqui na Ilha tem pressão. Jogamos bem nos minutos finais do primeiro  tempo, quando saiu o gol de falta e o Erick sofreu a falta. Erramos muitos passes no começo. Lá na Arena a gente conhece mais e espero fazer diferente. Acho que o Sport teve algumas chances e que o jogo foi equilibrado. Vamos jogar para vencer”, analisou.
O técnico acredita que o Sport também esperava uma postura mais aguerrida do Timbu, tanto que a escalação leonina teve três volantes. Um sinal, na interpretação de Milton Cruz, que o Sport encarou a partida de forma diferente. Por isso rebateu que sua equipe atuou de forma recuada. 
“Eu acho que não foi o Náutico que jogou recuado. Acho que não aconteceu só com o Náutico. Eles também jogaram com três volantes respeitando o Náutico. Não vierem abertos. Acho que eles nos respeitaram também”, pontuou.
Por: SuperEsportesPE


Deixe uma resposta