CoronavírusNotíciasVilabela News

Coronavírus: serratalhadense relata drama ao tentar sair do Peru

Quatro pernambucanos que estão há 20 dias viajando por países da América do Sul relatam dificuldades em voltar para o Brasil com o fechamento das fronteiras do Peru após o surto do novo coronavírus no país. O Peru contabiliza, até esta quarta-feira (18), 117 casos, mas nenhuma morte. Um dos pernambucanos é o servidor público Renan Albuquerque, de 29 anos. Ele é natural de Serra Talhada, no Sertão do Estado, e viajou para o Exterior com três amigos – o servidor público Emanuel Gonçalves, de 32 anos, residente em São José do Belmonte; o administrador de empresas Hélio Santos, 29, morador de Cachoeirinha; e um servidor público de 32. Inicialmente, o grupo foi para o Chile, depois Bolívia e, há sete dias, está na cidade de Cuzco, no Peru.

Ainda de acordo com o pernambucano, um grupo de brasileiros está se mobilizando em diversas cidades do Peru e tentando contato com a embaixada brasileira no país. “Cerca de 3.770 turistas brasileiros se encontram nesta mesma situação, segundo dados da Embaixada brasileira. Somente ontem [terça-feira, 18], a embaixada começou a tomar algumas medidas, pedindo que fizéssemos um cadastramento online”, afirmou.

Renan disse ainda que ele e os amigos estão hospedados por conta própria em um hostel no centro de Cuzco, mas que o grupo só têm como se manter até esta sexta-feira (20).“Fica difícil até fazer câmbio, já que não podemos sair do local de hospedagem. Não temos plano B e não sabemos o que fazer. Estamos aguardando a embaixada brasileira tomar uma posição. A gente vê pessoas de outros países indo embora e a gente ficando”, contou Renan.

Fonte: Folha PE

Deixe seu comentário