Completando 50 jogos, Rodrigo Souza espera vitória do Náutico para embalar na Série B

Pela primeira vez na carreira, o volante Rodrigo Souza completará a marca de 50 jogos pelo mesmo clube. Contratado em dezembro de 2015, logo após conseguir o acesso à Série A pelo América-MG, o atleta de 29 anos se mostrou feliz em atingir a sequência, apesar dos problemas financeiros que atravessa o Náutico. Confiante e enxergando evolução na equipe, Rodrigo espera ver o time conquistando a primeira vitória na Série B no próximo sábado, contra o Ceará, para embalar na competição.

Indo para a terceira rodada da competição, o Timbu ainda não venceu no Brasileiro. Vem de um empate e uma derrota. Tropeços que não excluem uma crescente do time na visão de Rodrigo Souza. “O último jogo foi desastre (contra o Figueirense). Mas agora temos que deixar as coisas ruins no passado e focar como está sendo trabalho esta semana, é dar o máximo. O torcedor sempre espera muita vontade de cada jogador e a vitória. O que faltou contra América-MG, Santa Cruz e Figueirense, nesse jogo agora, tem que ter sobrando. No Náutico, a torcida cobra, mas também vem junto e temos que fazer de tudo para trazer o torcedor para o nosso lado e conseguir a vitória para pegar uma sequência boa na tabela”, afirmou.
 
Rodrigo deverá receber uma placa comemorativa pelos 50 jogos com a camisa timbu. Feito que ele exaltou bastante. “O momento é de felicidade. É a primeira vez que acontece isso de ter uma sequência de bastante tempo na mesma equipe, embora eu já tenha jogado por vários clubes. Estou feliz pelos 50 jogos e espero passar dessa marca. Quanto mais jogos, melhor. É uma honra vestir essa camisa e espero cumprir a missão melhor maneira possível”, disse.

Velhos conhecidos

Diante do Vozão, Rodrigo Souza irá reencontrar dois velhos conhecidos, que estiveram no Timbu em 2016. “A gente sabe que o Ceará é uma equipe boa, qualificada, mas que está na mesma situação que a gente (apenas um ponto em dois jogos). Eles têm grandes jogadores, como o Felipe Menezes, o Rafael Pereira e Givanildo Oliveira (os dois últimos ex-Náutico), treinador que todo mundo aqui já conhece. Um treinador de respeito. O Ceará vem forte e temos que ter bastante atenção para sair com a vitória no sábado”, pontuou.



Deixe uma resposta