Com 88% dos jogos realizados, Estadual de 2017 tem média de 1.369 torcedores

Após 84 das 95 partidas programadas para o Campeonato Pernambucano de 2017, a média de público segue a pior desde que a federação passou a contabilizar o dado oficial, há 27 anos. E olhe que a última rodada contou até com uma rodada dupla na Arena Pernambuco, algo inédito no empreendimento. Porém, os dois jogos, Náutico 5 x 0 Central e Belo Jardim 0 x 4 Santa, atraíram apenas 1.370 pessoas – com o visual (acima) indicando bem menos. Para a contagem média dos clubes, o timbu e o calango somaram o dado bruto, tanto de público quanto de renda. Já para aferição da competição, através do blog, o borderô da quarta-feira foi dividido por dois.

Hoje, o índice é de assistência é de 1.369 espectadores. Para não ficar atrás da edição de 1997, que encerrou com 2.080, é preciso somar ao menos 76.931 pessoas nos 11 jogos restantes, sendo oito em mata-matas – com isso, alcançaria 2.081. Com a fase final, é possível, ainda que por pouco. Em relação à arrecadação, a FPF tem direito a 8% da renda bruta de todos os jogos. Logo, do apurado de R$ 1,1 milhão, a federação já arrecadou R$ 89.600.

Os 5 maiores públicos no Pernambucano 2017
12.408 – Santa Cruz 1 x 1 Sport (Arruda, 18/02)
10.221 – Sport 1 x 1 Santa Cruz (Ilha, 26/03)
6.419 – Náutico 2 x 1 Sport (Arena, 05/03)
5.015 – Santa Cruz 1 x 2 Salgueiro (Arruda, 02/03)
4.902 – Sport 2 x 2 Salgueiro (Ilha, 03/04)

Dados até a 9ª rodada do hexagonal do título e a 10ª rodada da permanência:

1º) Santa Cruz (4 jogos como mandante, no Arruda)
Público: 22.801 torcedores
Média de 5.700
Renda: R$ 225.130
Média de R$ 56.282 

2º) Sport (5 jogos como mandante, na Ilha do Retiro)
Público: 24.589 torcedores
Média de 4.917 
Renda: R$ 311.325
Média de R$ 62.265 

3º) Náutico (5 jogos como mandante, na Arena Pernambuco)
Público: 15.287 torcedores
Média de 3.057 
Renda: R$ 226.010
Média de R$ 45.202 

4º) Salgueiro (7 jogos como mandante, no Cornélio de Barros)
Público: 15.840 torcedores
Média de 2.262 
Renda: R$ 76.671 
Média de R$ 10.953  

5º) Central (7 jogos como mandante; 3 no Antônio Inácio, 2 no Lacerdão, 1 na Arena e 1 no Carneirão)
Público: 7.957 torcedores
Média de 1.136 
Renda: R$ 114.460 
Média de R$ 16.351 

6º) Belo Jardim (8 jogos como mandante; 5 no Antônio Inácio e 2 no Arruda)
Público: 3.572 torcedores
Média de 446 
Renda: R$ 26.522 
Média de R$ 3.315 

Geral – 76* jogos (1ª fase, hexagonal do título e hexagonal da permanência)
Público total: 104.116 
Média: 1.369 pessoas
Arrecadação: R$ 1.120.008 
Média: R$ 14.736 
* Mais 8 jogos ocorreram de portões fechados 

Fase principal – 27 jogos (hexagonal do título e mata-mata)
Público total: 77.781 
Média: 2.880 pessoas
Arrecadação total: R$ 890.852 
Média: R$ 32.994

 

Por: SuperEsportes PE



Deixe uma resposta