Coisa rara: técnico Pedro Manta completa um ano no comando do Afogados

Pedro Manta é técnico da Coruja no Estadual (Foto: Lucas Liausu)

O técnico Pedro Manta conseguiu uma marca expressiva no futebol: completar um ano a frente de um time. O feito ganha maior notoriedade por se tratar de uma equipe do interior de Pernambuco, o Afogados da Ingazeira.

Pedro Manta foi o técnico do tricolor na conquista do acesso à elite do futebol pernambucano em 2016. Após colocar o time na primeira divisão, o treinador se transferiu para o Cametá-PA, mas logo retornou a Coruja com a missão de deixar o time na elite em 2017.

A reestreia do treinador foi no jogo contra o Serra Talhada, no estádio Pereirão, Pedro Manta assumiu o time nos vestiários e conseguiu um empate, começando a arrancada para fugir do rebaixamento. De lá, pra cá, foram 14 jogos na elite do pernambucano, sendo cinco vitórias, oito empates e apenas uma derrota.

Ainda no Afogados, Manta coordenou as categorias de base do clube, no segundo semestre do ano passado. A meta do treinador no estadual deste ano é classificar a equipe para a segunda fase da competição e garantir calendário para a temporada 2018.

Do Globo Esporte


1 comentário

  • juca

    joguei nas categorias de base do nautico com ele , bom tecnico , me deu oportunidades , mais quando ele saiu do nautico e foi para o america fui cortado do nautico e fui para o america , jogava de lateral direito , lateral apoiador , onde em 1986 era raro, eos tecnicos nao gostavam mais pedro manta ja tinha uma visao alem dos tecnicos daquele tempo gostava do meu futebol o professor pedro e um cara expla, nao dei certo no futebol , mais agradeca a o professor por ter me dado , a oportunidade de ter sido comandado pelo excelente profissional

Deixe uma resposta