NotíciasVilabela News

Caso Beatriz: Polícia Civil cumpre mandado de busca na casa do suspeito de apagar imagens da escola onde menina foi morta

Na tarde desta quinta-feira (18), a Polícia Civil cumpriu mandado de busca na casa de Allinson Henrique de Carvalho Cunha, em Petrolina, no Sertão Pernambucano. Ele é suspeito de apagar imagens das câmeras de monitoramento da escola em que Beatriz Angélica Mota, de sete anos, foi assassinada a facadas em dezembro de 2015.

Os pais de Beatriz, Lucinha Mota, Sandro Romilton, além de amigos do casal, saíram do Fórum de Petrolina e foram até próximo à casa de Allinson. A informação recebida por eles era que o suspeito estava escondido em casa.

“Por volta hoje de 10 para 11 horas da manhã, recebi uma informação, uma pessoa me procurou e me disse que Allinson estaria dentro da casa dele, na residência dele. Então prontamente eu entrei em contato com as pessoas da minha confiança para que a gente pudesse fazer uma diligência lá no local. Procurei a delegada, doutora Poliana, mas está de licença médica, então eu procurei outra delegada, que é a doutora Isabela e solicitei a ela que fizesse a diligência lá no local”, explica a mãe de Beatriz, Lucinha Mota.

De acordo com a Polícia Civil, um mandado de busca foi cumprido, mas após uma procura minuciosa, nada foi encontrado.

Do G1

Deixe seu comentário