NotíciasVilabela News

Barco usado para monitorar tubarão servirá para aulas práticas da UFRPE

O barco-escola Sinuelo, antes usado pelo Projeto de Pesquisa e Monitoramento de Tubarões no Estado de Pernambuco (Protuba), custeado pelo governo estadual, agora pertence à Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Com a aquisição, o Sinuelo passa a atender, exclusivamente, as aulas práticas do Departamento de Engenharia de Pesca dos campi de Dois Irmãos, no Recife, e Serra Talhada, no Sertão.

A compra da embarcação acontece após um ano de negociação com a Fundação Apolônio Salles de Desenvolvimento Educacional (Fadurpe), entidade privada sem fins lucrativos que era a responsável por administrar a embarcação. Avaliado em R$ 90 mil, o Sinuelo estava parado há três anos desde que a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) rompeu o convênio com a fundação.

Na época, a Fadurpe expôs ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) as dificuldades financeiras em manter os custos com manutenção do Sinuelo, as quais se agravaram após o rompimento do convênio com o Estado. Por meio de documento, a instituição comprovou ao MPPE que os gastos chegavam a mais de R$ 10 mil.

O repasse da embarcação foi necessário porque, conforme alegado pela fundação, a Capitania dos Portos de Pernambuco não permite que uma embarcação fique atracada sem funcionamento e tripulação. A embarcação está atracada junto a outros barcos na colônia de pescadores de Brasília Teimosa, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife.

Deixe seu comentário