Artista é preso e agredido por ficar nu em apresentação no DF

Um artista paranaense foi detido em Brasília (DF) durante sua apresentação teatral por “ato obsceno”; Maikon Kempinski atuava em sua performance “DNA de DAN” – que faz parte do Palco Giratório, uma mostra teatral do Sesc – no sábado (15), em frente ao Museu Nacional da República, quando a apresentação foi interrompida pela Polícia Militar, e ele, que fica nu ao longo da performance, detido e levado de camburão para uma delegacia; na 5ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), Maikon precisou assinar um termo circunstanciado de ato obsceno e foi liberado em seguida; no relato em que detalha a abordagem, o artista informa ainda que foi agredido pelos policiais.



Deixe uma resposta