Após matar idosa em ST, motorista fica em liberdade

Autuada e presa em flagrante após dirigir embriagada, uma mulher de 50 anos que atropelou e matou a dona de casa Maria das Dores da Silva, 69 anos, no bairro São Cristóvão em Serra Talhada, nesse domingo (12), foi liberada pela Justiça e vai responder em liberdade.

A decisão foi tomada em uma audiência de custódia ocorrida no final da manhã desta segunda-feira (13) no Fórum de Serra Talhada, no bairro da Cohab.

O FAROL apurou que não foi arbitrado qualquer pagamento de fiança em desfavor da acusada, que responderá por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A decisão da Justiça foi de encontro ao pedido de prisão preventiva do Ministério Público.

A acusada, que não possui CNH, tentava dirigir um veículo Gol quando invadiu repentinamente uma calçada e atingiu Maria das Dores. O corpo dela está sendo velado em casa, na Rua José Alves da Silveira, no bairro São Cristóvão. A família está consternada.

Já em conversa com a Polícia Civil, o FAROL foi informado que no bafômetro o teste acusou 0,85 litros de álcool no sangue da motorista, quando o permitido é 0,30.

MEDIDAS CAUTELARES

Após a audiência, a Justiça obrigou a condutora a cumprir apenas medidas cautelares, como comparecer ao Fórum uma vez por mês, não beber ou tentar dirigir novamente, entre outras sanções leves.

O fato da acusada não ter antecedentes, possuir endereço fixo e dependentes na família teria pesado para que a Justiça decidisse não acatar o pedido de prisão preventiva da promotoria.

O caso vem gerando indignação entre amigos, parentes e conhecidos da vítima.

Fonte: Farol de Notícias



Deixe uma resposta