Após lesão e empréstimo, Joazi deve ter chance em 2019 e projeta volta por cima no Náutico

Joazi voltou ainda durante a Série C, mas não pôde ser inscrito — Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press

 

 

 

 

A carreira do lateral-direito Joazi ainda é curta, mas já tem alguns altos e baixos. No início, em 2016, quando subiu para os profissionais do Náutico, o sucesso foi rápido. Ele se firmou como titular do time, fez 43 partidas na temporada e quase obteve o acesso à Série A. No ano seguinte, contudo, se machucou, passou mais de três meses fora e perdeu espaço. Em 2018, foi emprestado ao Boa Esporte. De volta ao Timbu, deve ter chance de jogar novamente. O objetivo é dar a volta por cima e retomar a fase do começo da carreira.

– O Joazi que foi emprestado é um atleta que buscava retomar a fase de 2016. Infelizmente, tive que sair. Até estava bem, ganhando confiança no Boa Esporte, mas as coisas não aconteceram. Depois voltei para o Náutico, mas já tinha acabado a inscrição para a Série C. Agora, em 2019, vou buscar meu espaço porque 2018 foi difícil para mim. Passei bastante tempo sem jogar. Vou dar meu máximo para ter oportunidade no Náutico.

O jogador diz que não tem receio de sofrer com críticas, como quando seu desempenho caiu (no ano de 2017). Joazi garante estar preparado para a cobrança.

– Tento ser o mais regular possível. Vida de jogador é assim. Vai oscilar às vezes. A torcida está certa em cobrar porque o time vive de resultados em campo. Nunca tive problema com isso. Recebi as críticas de forma construtiva. Já estou preparando minha cabeça para que todas as coisas que venham, eu consiga transformar em positivo. Fazer de motivação para eu melhorar.

Na última temporada, Joazi jogou 13 partidas pelo Boa Esporte. Não marcou gols.

Do Globo Esporte


Deixe uma resposta