Após episódio de cobrança de salários, Eutrópio decide preservar atletas do Santa

Após o treino fechado desta manhã, Eutrópio preferiu blindar jogadores para concentrar em semifinal

A semana começou de forma singular no Arruda. Os jogadores cobraram da diretoria o pagamento de dívidas, um deles chegou a procurar a imprensa para relatar os atrasos e o clube precisou agendar uma coletiva para colocar panos mornos na situação. Tudo às vésperas da semifinal deste sábado do Estadual, contra o Salgueiro, no Cornélio de Barros. Após o controle do incêndio a partir de reuniões e do pagamento de premiações, o técnico Vinícius Eutrópio resolveu preservar os atletas. Nesta sexta-feira, nenhum dos seus comandados concederá entrevista.

Após também fechar o treino desta manhã, Eutrópio preferiu blindar os jogadores de mais polêmicas, mantendo-os focados apenas na partida com o Carcará. “Para todos os jogadores terem toda tranquilidade e foco para sábado, estou vindo aqui (dar entrevista) e deixando que eles concentrem mais nisso por tudo que aconteceu na semana”, declarou o comandante ainda na quinta.  
Eutrópio nega que a celeuma envolvendo pagamentos possa causar algum reflexo no rendimento do time. Ao ter conversado com o elenco, garantiu que o sentimento dos atletas é se empenharem ao máximo. “A gente não esconde nada de nenhum jogador e a diretoria nunca escondeu nada nem de mim, nem deles. Todos nós estamos cientes em ajudar numa retomada do clube. Falei isso com os jogadores. Cada um deles veio sabendo o que tinha que fazer, o que já fizeram na carreira e um algo mais.” 
O comandante tricolor vai mais além. Crê até que a problemática serviu para dar ainda mais unidade ao Santa Cruz. “(O clube) saiu mais fortalecido que todos nós pensávamos, em todas as áreas: clube, torcedores e o grupo Santa Cruz. Isso foi o mais importante para todos nós”, pontuou Eutrópio.
Por: SuperEsportesPE


Deixe uma resposta