Ananias revela negativa para jogar na lateral direita e explica nova função no Náutico

Desde que chegou ao Náutico, Milton Cruz vem avisando que irá conversar com os jogadores e entender onde eles desejam atuar. Com o volante João Ananias não foi diferente. Milton Cruz pensou em utilizá-lo como lateral direito, mas o atleta afirmou que não desejava repetir o caminho que percorreu em 2012 quando subiu para o time profissional.

“Eu subi em 2012 como lateral direito, mas era volante de origem. Precisavam de lateral direito e joguei. Joguei quatro jogos e me machuquei contra o Sport. De 2012 para 2014 não joguei nenhum jogo e ainda fui emprestado. Na minha cabeça não vou jogar bem de lateral como eu jogo de volante. Acho que posso não ajudar a equipe. Disse a ele que se ele quisesse me tirar entenderia e que iria brigar pela minha posição de volante. Ele entendeu”, revelou o atleta. 
 
Apesar da negativa de João Ananias, Milton Cruz enxergou que poderia utilizar o atleta de outro modo. Ao invés de ser primeiro volante, o camisa 13 foi posicionado como segundo volante. Um função importante porque o técnico enxergou qualidade no atleta para disputar a bola de área a área, o box to box, como os técnicos gostam de explicar. Principalmente porque João sempre cai onde o adversário mais ataca. “Ele sempre me coloca do lado forte do adversário. Ele diz que tenho pulmão e força para ir e voltar”, comentou o atleta.
 
Se continuará nesta posição para a próxima partida ainda é uma incógnita. Enquanto Rodrigo Souza segue fora do time porque ainda está lesionado, João Ananias está liberado para voltar à equipe. A diferença é que com as boas apresentações de Cal e Darlan a disputa por um posto ficou mais acirrada. “Joguei mais à frente nos dois jogos contra o Sport por questão tática mesmo. Não sei para o próximo jogo se estarei, mas acredito que possa estar novamente em campo. Onde o professor quiser jogar ele que escolhe. Não tem essa. Ele que decide. Ele que sabe a melhor formação”, comentou.
 
Por: SuperEsportes


Deixe uma resposta